Norma voltada para a indústria da construção, que fez 20 anos de reformulação em julho, passa por nova revisão

A reformulação da NR 18 – Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção celebrou 20 anos no mês de julho de 2015. Uma nova revisão está em discussão desde 2013 e se espera que seja concluída em breve. Proposta elaborada pelo Grupo Técnico Tripartite – GTT foi colocada em consulta pública à sociedade. As sugestões estavam sendo discutidas no âmbito do Comitê Permanente Nacional sobre Condições e Meio Ambiente de Trabalho na Indústria da Construção – CPN. No entanto, em reunião realizada em 9 de julho no Rio de Janeiro/RJ, a Bancada dos Empregadores solicitou um prazo de 120 dias para apresentar nova proposta às Bancadas dos Trabalhadores e do Governo.

“O Brasil todo participou com propostas de melhorias. Hoje a gente vive um momento de impasse com a posição do patronato de não aceitar a proposta atual e querer reformatar uma nova proposta. Acho que não deve fugir muito do texto atual, mas eles acham que o texto é muito longo, muito complexo. Eles terão até novembro para propor um novo pensar ou uma adequação do texto que foi discutido”, afirma o auditor fiscal do trabalho da SRTE/SP, Antonio Pereira, que é membro do CPR/SP (Comitê Permanente Regional de São Paulo) e do CPN.

(Fonte do artigo – MTE)